Alimentos ricos em vitamina B12 são importantes para o sistema nervoso central

Alimentos ricos em vitamina B12 são importantes para o sistema nervoso central

Consumir alimentos ricos em vitamina B12 é essencial para ter uma vida saudável. Além de  atuar na regulação do nosso metabolismo e na produção de glóbulos vermelhos no sangue, a vitamina B12 é essencial para o bom funcionamento do sistema nervoso central. A deficiência desse nutriente pode causar problemas de memória, dificuldades de concentração, e danos neurológico permanentes. 

Apesar de não produzido pelo organismo, existem alimentos ricos em vitamina B12 que podem ser incluídos na rotina alimentar. Veja quais são: 

 

Peixes e frutos do mar são alimentos ricos em vitamina B12

Uma alimentação rica em frutos do mar pode ajudar a repor a vitamina B12 no nosso organismo. Além disso, peixes de águas frias no geral como salmão, truta, atum e arenque, além de marisco, ostra, sardinha e caranguejo não só possuem a vitamina como também são ricos em ômega 3, ácido graxo importante para a saúde do cérebro e do coração, regulando o sistema nervoso central e auxiliando também no controle dos níveis de colesterol ruim no sangue. Assim como a vitamina B12, o ômega 3 também não é produzido pelo corpo e precisa ser consumido através da alimentação. 

 

Carnes bovina e de frango também são ricas em B12

As carnes no geral também são alimentos ricos em vitamina B12. As opções mais nutritivas deste grupo são a carne vermelha e o frango, além do fígado tanto bovino quanto de aves. A carne bovina também é rica em minerais e ajuda a saúde do coração e auxilia quem tem diabetes tipo 2, enquanto o frango possui inúmeras vitaminas do complexo B, principalmente a B3, responsável pela dilatação dos vasos sanguíneos e beneficiando o sistema respiratório. 

 

Ovos e leite são boas opções para vegetarianos

Como a vitamina B12 é mais presente em carnes e peixes, sua deficiência é muito comum em vegetarianos. Se esse é o seu caso, não tem problema! A vitamina B12 também é encontrada em ovos, leite de vaca e derivados, como queijos, iogurtes, etc.

É importante lembrar que é essencial o acompanhamento nutricional. A especialidade é a mais indicada para orientar qual a melhor alimentação de acordo com as suas necessidades e estilo de vida. 

 

Como identificar a deficiência de vitamina B12?

Em muitos casos, a deficiência de vitamina B12 pode ser assintomática, mas é possível verificar alguns sintomas clássicos: fadiga excessiva e anormal por pequenas atividades, formigamento nas extremidades como mãos e pés, falta de equilíbrio corporal com possíveis episódios de queda, confusão mental e comportamentos que tendem à depressão. A deficiência aguda pode causar anemia e lesão dos nervos. No entanto, esse diagnóstico precisa ser fechado e avaliado por um médico especialista.

 

Idosos devem se manter atentos aos níveis de B12

A deficiência de vitamina B12 pode atingir qualquer pessoa, mas é especialmente preocupante na terceira idade. A causa é explicada pela redução da ingestão e absorção desse nutriente, além de problemas relacionados à imunidade. Isso faz com que 30 a 40% dos idosos tenham dificuldade de absorver a B12, fazendo assim com que essa faixa etária se torne mais vulnerável a essa deficiência. Nos idosos, a falta de vitamina B12 pode ocasionar doenças como Alzheimer, demência e até mesmo depressão.

Matérias
recomendadas